Segunda Temporada da Série “Extraterrestres?”

Estreou no passado Domingo dia 29 de Setembro, a 2ª temporada da série “Extraterrestres?” cujas filmagens em Portugal, mais uma vez, foram coordenadas pela Exopolitics Portugal, e foram da responsabilidade da produtora New Atlantis.

Desta vez os temas abordados são:

Abdução, Atântida, OOPArt (Out of Place Artifacts), Fakes (casos falsos) e o Legado dos Deuses.

Os nossos agradecimentos a:

Museu da Vila Velha (Vila Real) – http://mvv.cm-vilareal.pt/

Dr. João Ribeiro da Silva, Director do Museu Vila Velha

Prof. Dr. Joaquim Fernandes

Prof. Dr. Mário Simões

Prof. Dra. Mila Simões de Abreu

Dra: Fina D’Armada

Dr. Manuel Gandra

Dr. Mário Neves

Dr. Paulo Loução

Dra. Sueli Simões

 

Mais informações no site do Canal de História – http://canalhistoria.pt/destacados/extraterrestres-2/

Extraterrestres?

“Extraterrestres?” convida-nos para uma análise histórica, em Portugal e em Espanha, e para uma busca de provas conclusivas sobre a natureza deste fenómeno. Uma busca onde tanto crentes como céticos podem participar, uma vez que existem mais de 700 casos sem explicação documentados na nossa península.

Referimo-nos a um OOPART, um objeto fora do tempo e do espaço, objetos que não deveriam estar onde estão. Descobertas arquelógicas e escritos da antiguidade que parecem falar de artefactos que seriam inventados séculos mais tarde. Como chegaram até ali? O mecanismo de Antiquitera, as esferas de Sudafrica, as possíveis visões de OVNIS a partir das três caravelas de Colombo, as pedras de Ica, ou os mapas muito anteriores aos descobrimentos espanhol e português, são alguns dos Oopart que analisaremos.

Domingo 6, 22:50h | Segunda-feira 7, 01:15h/ 13:50h/ 19:40h.

Investigações recentes apontam para que o até agora considerado mito da Atlântida, possa efectivamente ter existido. Os restos arqueológicos encontrados em Coto Doñana, em Cancho Roano e nas costas do sul de Portugal, poderiam remeter-nos para uma civilização com elevado nível de desenvolvimento social, cultural e tecnológico. Os sobreviventes do possível tsunami que a fez desaparecer, poderiam constituir a base do desenvolvimento cultural de um lado e de outro do Atlântico. As provas acerca da existência de uma civilização altamente desenvolvida, anterior ao Dilúvio de 10500 anos A.C., surgem do Egipto até ao oeste peninsular, como a pequena povoação de Alvão.

Domingo 13, 22:50h | Segunda-feira 14, 01:15h/ 15:30h/ 19:40h.

O fascínio que o fenómeno dos OVNI produz em nós fez com que a publicidade, a imprensa e as redes sociais façam uso dele de forma indiscriminada. Juntamente com o fenómeno extraterrestre, nasce o fenómeno “falso”: imitações. Muitos surgem como forma de conseguir notoriedade, outros com fins lucrativos, simplesmente como brincadeiras. Mas alguns poderiam ter origem na manipulação levada a cabo por diferentes agências governamentais. Se bem que a autópsia realizada a um pretenso extraterrestre em Roswel pode ser considerada a teoria falsa mais famosa da História, na nossa península também encontramos grandes teorias falsas. Algumas delas com mais de dois séculos de antiguidade. A web faz-nos chegar grandes recriações, como a visão a partir de uma embarcação de pesca galega, de um surpreendente artefacto perseguido por dois caças, e enormes dúvidas, como o OVNI sobre Jerusalém, ou a visão de Barcelona, gravados por cerca de seis câmaras de telemóveis em simultâneo.

Domingo 20, 22:50h | Segunda-feira 21, 01:15h/ 15:30h/ 19:40h.

Se os deuses eram astronautas que nos ensinaram astronomia, agricultura, os segredos da construção… Em quem depositaram o seu conhecimento? Por que motivo são semelhantes todos os mitos da criação e falam de deuses que vieram do céu? A Península Ibérica e a sua riquíssima herança megalítica constituem o ponto de partida destas novas teorias.

Domingo 27, 22:50h | Segunda-feira 28, 01:15h/ 15:30h/ 19:40h.